Facebook YouTube
  • Pet Shop da FAEF
  • Escola da Familia abril 2017
  • Vestibular de Inverno 2017
  • Liberação do Moodle
  • FAEFTV Youtube
  • Vestibular 2017
  • Proibido Fumar no Campus
  • PÓS TODOS
  • Hospital Veterinario
  • TROTE
  • Banner Nuema
  • Campanha Curta Página Facebook FAEF
FAEF FAIT FAIP EDUVALE

 

Com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Engenharia Florestal (Resolução nº 3/2006), o perfil desejado do egresso é que o mesmo tenha uma sólida formação científica e profissional; que tenha capacidade crítica e criativa na identificação e resolução de problemas (considerando os aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais) com visão ética e humanística; que saiba compreender e traduzir as necessidades dos indivíduos, dos grupos sociais e comunidade, bem como utilizar de forma racional os recursos disponíveis; que entenda e aplique a conservação do ambiente; e que tenha capacidade de adaptação de modo flexível, crítico e criativo.
 
Considerando as informações acima, pode-se destacar que o profissional formado pela FAEF será um profissional liberal, um líder, capaz de gerenciar empresas, projetos e equipes, identificando e resolvendo problemas relacionados com as áreas de atuação; terá capacidade de desenvolver pesquisas, definir metodologias, coletar dados, interpretar, concluir e publicar os resultados; saberá se expressar de forma escrita e se apresentar em público; promoverá a disseminação da informação e contribuir com a melhoria da consciência ambiental; estará apto a desenvolver trabalhos em escritórios e em campo; saberá a importância da sustentabilidade e a colocará em prática desenvolvendo suas ações de forma que sejam ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis; terá capacidade de lidar com pessoas, trabalhar em equipe e respeitar o ser humano; contribuirá com o desenvolvimento econômico da região; saberá a importância do trabalho voluntário e contribuir para isso quando for necessário e possível; terá consciência da necessidade em estender os estudos, procurando cursos de pós-graduação após a formação; conciliará a produção com a preservação do meio ambiente e estará apto a atuar nas diferentes áreas da Engenharia Florestal, sendo elas:
 
- levantamentos qualitativos e quantitativos de comunidades e populações silvestres;
- ecologia florestal;
- restauração de ecossistemas florestais alterados;
- preservação de ecossistemas, comunidades e populações florestais;
- reconhecimento e manejo de biomas;
- manejo de fauna silvestre (uso e proteção);
- monitoramento de populações, comunidades e da qualidade ambiental;
- manejo de bacias hidrográficas;
- manejo do solo;
- ecoturismo;
- licenciamento ambiental;
- educação ambiental;
- extensão e fomento florestal;
- silvicultura urbana;
- produção de mudas florestais (semente ou clone);
- coleta, beneficiamento e armazenamento de sementes;
- viveiros florestais;
- processamento e uso de produtos madeireiros;
- exploração de produtos não-madeireiros;
- implantação e condução de monoculturas florestais e sistemas agrossilviculturais;
- proteção florestal (controlar e evitar pragas, doenças, plantas daninhas e incêndios florestais);
- mecanização e colheita florestal;
- adubação e nutrição vegetal;
- administração, legislação e economia florestal;
- caracterização e mensuração geral de áreas;
- biometria e inventários florestais (estimar volume e acompanhar crescimento das florestas);
- uso direto e indireto dos recursos florestais.
 
 

 

São deveres dos Profissionais da Engenharia, da Arquitetura e da Agronomia:
 
- Interessar-se pelo bem público e com tal finalidade contribuir com seus conhecimentos, capacidade e experiência para melhor servir a humanidade.
 
- Considerar a profissão como alto título de honra e não praticar nem permitir a prática de atos que comprometam a sua dignidade.
 
- Não cometer ou contribuir para que se cometam injustiças contra colegas.
 
- Não praticar qualquer ato que, direta ou indiretamente, possa prejudicar legítimos interesses de outros profissionais.
 
- Não solicitar nem submeter propostas contendo condições que constituam competição de preços por serviços profissionais.
 
- Atuar dentro da melhor técnica e do mais elevado espírito público, devendo, quando consultor, limitar seus pareceres às matérias específicas que tenham sido objeto da consulta.
 
- Exercer o trabalho profissional com lealdade, dedicação e honestidade para com seus clientes e empregadores ou chefes, e com espírito de justiça e eqüidade para com os contratantes e empreiteiros.
 
- Ter sempre em vista o bem-estar e o progresso funcional dos seus empregados ou subordinados e tratá-los com retidão, justiça e humanidade.
 
- Colocar-se a par da legislação que rege o exercício profissional da engenharia, da arquitetura e da agronomia, visando a cumpri-la corretamente e colaborar para sua atualização e aperfeiçoamento.

 

A metodologia de ensino aplicada pela FAEF é a P. B. L. (“problem basead learning” ou aprendizagem baseada em problemas), sendo esse um dos métodos mais atuais utilizados pela pedagogia e psicologia educacional no ato de ensinar e aprender, e baseia-se em estimular a participação dos alunos através da apresentação de problemas e apresentação de possíveis soluções pelos mesmos. Dessa forma, os professores intercalam conceitos e a ‘problematização’, aumentando assim a participação dos alunos na aula e tornando a aula mais dinâmica e interessante. Essa metodologia também estimula o raciocínio dos alunos e contribui para que os mesmos consigam expressar as suas opiniões sobre determinado assunto e estimula a argumentação, a discussão em grupo e a desinibição em expressar suas idéias em público.

As aulas são essenciais para a formação dos futuros profissionais, pois nelas que são apresentados, em maior parte, os conhecimentos necessários para a formação do egresso. No curso de Engenharia Florestal da FAEF as aulas são dividas em teóricas e práticas, sendo as proporções determinadas em função da disciplina e a critério do docente responsável. As aulas teóricas são desenvolvidas nas salas de aula onde são apresentados os conceitos, metodologias entre outras informações do tema. Já as aulas práticas são realizadas nos Laboratórios ou em campo, onde os alunos verificam na prática os temas apresentados nas aulas teóricas, favorecendo assim a aprendizagem.
 
Além das aulas, faz parte da formação profissional o desenvolvimento de atividades práticas, onde os alunos orientados por professores desenvolvem diferentes atividades de campo relacionadas com as ciências florestais. Essas atividades contribuem na formação dos profissionais, pois amplia a aquisição de conhecimento e permite que os alunos tenham contato direto com o campo, ambiente essencial de trabalho do Engenheiro Florestal, permitindo também que os alunos aprendam a desenvolver trabalhos em equipe.
 
Sabendo da importância da pesquisa na formação de um profissional, o Grupo FAEF estimula o desenvolvimento da mesma. Durante a graduação os alunos têm a possibilidade de desenvolverem pesquisas científicas sendo orientados pelos professores, que os ensinam a determinar um objetivo de estudo, a seleção de uma metodologia de coleta de dados, a coleta e interpretação dos dados, além da redação científica dos resultados encontrados. Também é estimulada a participação em eventos científicos, atividades voluntárias e estágios, contribuindo assim para uma formação profissional qualificada.
 
CURSO: Engenharia Florestal
 
AUTORIZAÇÃO:
Portaria MEC nº 3.207 de 21 de novembro de 2002, publicada no Diário Oficial da União de 22 de novembro de 2002.
 
RECONHECIMENTO:
Protocolo MEC nº 201102098 de 15 de fevereiro de 2011.

 

Para obter maiores informações do Curso de Engenharia Florestal entre em contato com o Coordenador do Curso:

Coordenador do Curso de Engenharia Florestal

Prof. MSc. Augusto Gabriel Claro de Melo
e-mail: florestal@faef.br / fone: (14) 3407-8000 / (14) 99613-2208 (WhatsApp)


 
 
 
DIRETORA: Prof Dra. Vanessa Zappa

VICE-DIRETOR: Prof Msc. 

Coordenador Engenharia Florestal: Prof Msc. Augusto Gabriel Claro de Melo

 

Prof. Alexandre Luis da Silva Felipe
Mestrado: Energia na Agricultura
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Especialização: Agronegócio
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF, Garça/SP
Graduação: Engenharia Florestal
Instituição: Escola Superior em Agronomia “Luiz de Queiroz” – ESALQ, Piracicaba/SP
Disciplina (s): Física, Economia e Administração Florestal e Legislação e Política Florestal
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8578384076764250

 

Profª. Amanda Cristina Esteves Amaro
Doutorado: Agronomia – Horticultura
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestrado: Agronomia – Horticultura
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Ciências Biológicas
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Disciplina (s): Anatomia e Morfologia Vegetal e Fisiologia Vegetal
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/6610772847918048

 

Prof. Augusto Gabriel Claro de Melo
Mestrado: Ecologia Florestal
Instituição: Universidade Federal de Lavras – UFLA/MG
Graduação: Engenharia Florestal
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF/SP
Disciplina (s): Introdução às Ciências Florestais e Manejo de Fauna Silvestre
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1508435299124894

 

Profª. Deise Deolindo Silva
Doutorado: Educação (em andamento)
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Marília/SP
Mestrado: Estatística
Instituição: Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR
Graduação: Estatística
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP
Disciplina (s): Matemática
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9973852496399386

 

Prof. Edgard Marino Junior
Doutorado: Ecologia Aplicada
Instituição: Universidade de São Paulo – USP, São Paulo/SP
Mestrado: Geografia Física
Instituição: University of Florida
Graduação: Engenharia Agronômica
Instituição: Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal
Disciplina (s): Extensão e Sociologia Florestal
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8157244505572409

 

Profª. Erika Bicalho Buchignani
Especialista Licenciamento Ambiental
Instituição: AVM
Graduação: Ciências Biológicas
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Rio Claro/SP
Disciplina (s): Zoologia Geral e Manejo e Gestão Ambiental
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/

 

Prof. Felipe Camargo de Campos Lima
Doutorado: Ciência Florestal (em andamento)
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestrado: Ciência Florestal
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Engenharia Florestal
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF, Garça/SP
Disciplina: Manejo Florestal I, Tecnologia da Madeira I, Colheita e Transporte Florestal e Tecnologia da Madeira III
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1595945587426624

 

Profª. Grasiela Spada
Doutorado: Ciência Florestal (em andamento)
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestrado: Ciência Florestal
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Engenharia Florestal
Instituição: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC
Disciplina (s): Solos I
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3416824826586795

 

Prof. José Paulo Gonçalves Franco da Silva
Doutorado: Agronomia – Proteção de Plantas
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestrado: Agronomia – Proteção de Plantas
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Agronomia
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Disciplina (s): Entomologia Florestal
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/9523099286805590

 

Profª. Juliana Iassia Gimenez
Doutorado: Ciências Biológicas – Fisiologia e Bioquímica
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestrado: Ciências Biológicas – Fisiologia e Bioquímica
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Ciências Biológicas
Instituição: Fundação Educacional de Penápolis
Disciplina (s): Biologia Geral
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0150016626105306

 

Profª. Karla Borelli
Mestrado: Recursos Florestais
Instituição: Escola superior de agricultura "Luiz de Queiroz" - Universidade de São Paulo, ESALQ – USP
Graduação: Engenharia Florestal
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF/SP
Disciplina (s): Formação Cidadã e Eletiva
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/1978950813167089

 

Profª. Regiane Lost
Doutorado: Agronomia – Proteção de Plantas
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestre: Agronomia – Proteção de Plantas
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Engenharia Agronômica
Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias
Disciplina: Microbiologia Geral
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5675178322649375

 

Prof. Rodolfo D’Alóia Garcia
Mestrado em Ciência Florestal
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Engenharia Florestal
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF, Garça/SP
Disciplina: Silvicultura II e Proteção Florestal I
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5321602143509560

 

Prof. Rogério Zanarde Barbosa
Doutorado: Agronomia – Irrigação e Drenagem
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Mestrado: Agronomia – Irrigação e Drenagem
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Agronomia
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF, Garça/SP
Disciplina (s): Climatologia e Agrometeorologia e Experimentação Florestal
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8052592506848075

 

Prof. Victor Lopes Braccialli
Especialização: Gerenciamento de Recursos Hídricos
Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, Botucatu/SP
Graduação: Engenheiro Florestal
Instituição: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal – FAEF, Garça/SP
Disciplina(s): Ecologia Florestal e Manejo Florestal III
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7199044431766861

 

 

                Confira algumas fotos do curso de Engenharia Florestal da FAEF clicando nos links abaixo:

 

- DEFESAS DOS TCCS 2º 2015: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1049493811762688.1073742789.635485876496819&type=3

- ENGENHEIROS FLORESTAIS DA FAEF NO MERCADO DE TRABALHO: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1040254009353335.1073742761.635485876496819&type=3

- VISITA TÉCNICA AO ZOOLÓGICO E JARDIM BOTÂNICO DE BAURU: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1046729138705822.1073742785.635485876496819&type=3

- VII MOSTRA DE PRÁTICAS FLORESTAIS DA FAEF: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1044164955628907.1073742780.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE TAXONOMIA VEGETAL: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1044163435629059.1073742779.635485876496819&type=3

- MINICURSO 'GESTÃO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO': https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1043798418998894.1073742777.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE TAXONOMIA VEGETAL NA FAZENDA NOVA FAEF: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1041134685931934.1073742768.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE CONSTRUÇÕES FLORESTAIS: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1042082302503839.1073742769.635485876496819&type=3

- ATIVIDADE PRÁTICA 'ARBORETO FAEF': https://www.facebook.com/media/set/?set=a.996696630375740.1073742635.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE SILVICULTURA I NO CENTRO DE MUDAS FLORESTAIS: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1040717242640345.1073742764.635485876496819&type=3

- INSTAGRAM DA ENGENHARIA FLORESTAL: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1040740512638018.1073742765.635485876496819&type=3

- AULAS PRÁTICAS DE TÓPICOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA FLORESTAL: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1038914562820613.1073742754.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE TECNOLOGIA DA MADEIRA I: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1035768076468595.1073742751.635485876496819&type=3

- VISITA TÉCNICA AO SAAE - TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOSTO: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1035068939871842.1073742747.635485876496819&type=3

- VISITA TÉCNICA À EMPRESA FLORESTANTO: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1031469016898501.1073742736.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE CONSTRUÇÕES FLORESTAIS: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1031467356898667.1073742735.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE TOPOGRAFIA: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1035071526538250.1073742748.635485876496819&type=1

- ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2º 2015: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.996698950375508.1073742637.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE TECNOLOGIA DA MADEIRA I: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1030833286962074.1073742730.635485876496819&type=3

- ATIVIDADE PRÁTICA 'CINTURÃO VERDE': https://www.facebook.com/media/set/?set=a.996697597042310.1073742636.635485876496819&type=3

- FAEF EM TRÊS LAGOAS: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1030826660296070.1073742729.635485876496819&type=3

- AULA PRÁTICA DE PROTEÇÃO FLORESTAL II: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1030480536997349.1073742727.635485876496819&type=3

- FEIRA DE PROFISSÕES: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1030104913701578.1073742725.635485876496819&type=3

- SIMPÓSIO 2015 - MINICURSO 'TECNOLOCIA AÉREA FLORESTAL: DRONES': https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1025429870835749.1073742715.635485876496819&type=3

- SIMPÓSIO 2015 - MINICURSO 'BIOINVASÃO: MANEJO DE CONTROLE DE ESPÉCIES INVASORAS': https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1025792780799458.1073742717.635485876496819&type=3

- ATIVIDADE DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 'ÁRVORES PARA DIVERTIR': https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1026367407408662.1073742723.635485876496819&type=3

 

 

LABORATÓRIOS DO CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL DA FAEF

 

                 Sabendo da importância das aulas práticas, a Faculdade FAEF oferece uma série de laboratórios, onde os alunos colocam em prática e complementam os assuntos ministrados nas aulas teóricas. Os laboratórios do curso de Engenharia Florestal são:

 

CAMPUS EXPERIMENTAL ROSA DOURADA

 

1-) Laboratório de Biologia e Microscopia: aulas práticas Biologia Geral e Anatomia e Morfologia Vegetal;

   

2-) Laboratório de Microbiologia e Fitopatologia: aulas práticas de Microbiologia Geral e Proteção Florestal II;

   

3-) Laboratório de Informática: aulas práticas de Matemática e Cálculo, Informática Agrária, Desenho Técnico, Experimentação Florestal, Economia e Administração Florestal, Legislação e Política Florestal e Manejo Florestal I, II e III;

   

4-) Laboratório de Zoologia e Entomologia: aulas práticas de Zoologia Geral, Entomologia Florestal, Proteção Florestal I e Manejo de Fauna Silvestre;

   

5-) Laboratório de Mecanização Agrícola: aulas práticas de Mecanização Florestal;

6-) Laboratório de Química, Solos e Adubação: aulas práticas de Química, Solos I e II e Adubação e Nutrição de Plantas;

   

7-) Laboratório de Construções Rurais e Paisagismo: aulas práticas de Construções Florestais e Silvicultura III;

8-) Laboratório de Morfologia, Taxonomia e Fisiologia Vegetal: aulas práticas de Anatomia e Morfologia Vegetal, Taxonomia Vegetal e Fisiologia Vegetal;

   

 

CAMPUS EXPERIMENTAL VULCANO – SETOR FLORESTAL I

 

10-) Laboratório de Campo ‘Centro de Produção de Mudas Florestais’: Silvicultura I, II e III;

   

11-) Laboratório de Campo ‘Florestas Renováveis de Eucalipto e Monoculturas Florestais ’: Silvicultura II, Manejo Florestal I, II e III e Colheita e Transporte Florestal;

   

12-) Laboratório de Campo ‘Agrofloresta’: aulas práticas de Agrossilvicultura e Produtos Não Madeireiros;

   

 

CAMPUS EXPERIMENTAL ALVORADA – SETOR FLORESTAL II

 

13-) Laboratório de Educação Ambiental: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental e Educação Ambiental e Sustentabilidade;

   

14-) Laboratório de Tecnologia da Madeira: aulas práticas de Tecnologia da Madeira I, II e III e Construções Florestais;

 

CAMPUS EXPERIMENTAL ÁGUA-VIVA

 

15-) Laboratório de Campo ‘Mata Ciliar Restaurada’: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental, Ecologia Florestal, Legislação e Política Florestal, Manejo de Áreas Silvestres e Restauração Florestal;

   

 

CAMPUS EXPERIMENTAL CORAÇÃO DA TERRA

 

16-) Laboratório de Campo ‘Reserva Legal Restaurada’: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental, Ecologia Florestal, Legislação e Política Florestal, Manejo de Áreas Silvestres e Restauração Florestal;

 

CAMPUS EXPERIMENTAL FAZENDA NOVA FAEF

 

17-) Laboratório de Campo ‘Reserva Legal’: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental, Ecologia Florestal, Legislação e Política Florestal, Manejo de Áreas Silvestres e Restauração Florestal;

   

18-) Laboratório de Campo ‘Área de Preservação Permanente’: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental, Ecologia Florestal, Legislação e Política Florestal, Manejo de Áreas Silvestres e Restauração Florestal;

   

19-) Laboratório de Campo ‘Trilha Ecológica’: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental, Ecologia Florestal, Manejo de Áreas Silvestres e Educação Ambiental e Sustentabilidade;

   

20-) Laboratório de Campo ‘Corredor Florestal’: aulas práticas de Manejo e Gestão Ambiental, Ecologia Florestal, Manejo de Áreas Silvestres e Restauração Florestal.

   

 

 

        O Brasil é um país florestal, rico em florestas nativas e plantadas. A frondosa Floresta Amazônica, a ameaçada Mata Atlântica, as crescentes extensões de eucaliptais são alguns exemplos de formações que justificam esse título. As florestas são consideradas ecossistemas vitais, sendo essenciais para a manutenção e vida do planeta, pois são responsáveis pela realização de inúmeros serviços, tais como: melhoria do clima, oxigenação do meio e purificação do ar, participação no ciclo hidrológico, proteção do solo, embelezamento da paisagem, abrigo de animais, desenvolvimento de interações ecológicas, fornecimento de produtos madeireiros e não madeireiros (madeira, frutos, sementes, resinas, látex, entre outros). Além de serem locais propícios para o desenvolvimento de atividades de lazer, ecoturismo e educação ambiental, também são responsáveis pelo oferecimento de inúmeras vagas de emprego.

          Levando em consideração toda essa essencialidade das florestas e a expansão desse setor, cada vez mais devem ser desenvolvidas ações visando à proteção e produção dos recursos florestais, o que necessita de profissionais capacitados para cumprirem esses objetivos. “Precisamos das florestas para sobreviver e as florestas precisam de profissionais, como os Engenheiros Florestais, para sobreviverem. Isso se deve, pois nós, Engenheiros Florestais, conhecemos as florestas como ninguém, sabemos sobre seus componentes e suas interações e funcionamento e com isso, estamos aptos para planejar e executar ações de restauração, proteção e exploração sustentável das florestas”, afirma o Prof. Augusto Gabriel Claro de Melo – Coordenador do curso de Engenharia Florestal da Faculdade FAEF.

          O Engenheiro Florestal é o responsável pelo manejo das florestas, tanto nativas, quanto plantadas, sendo algumas das atividades desenvolvidas por esse profissional: melhoramento genético, produção de mudas, planejamento e manejo de viveiros florestais, manejo de solos e de bacias hidrográficas, adubação e nutrição de plantas, silvicultura urbana e paisagismo, implantação e condução de florestas plantadas, sistemas agro florestais, restauração florestal, manejo de áreas silvestres, proteção florestal, controle de pragas e doenças, tecnologia da madeira e de produtos não madeireiros, construções florestais, máquinas florestais, colheita e     transporte,      economia   e administração florestal, indústrias florestais, manejo de fauna silvestre, ecoturismo, educação ambiental, geotecnologias, legislação florestal,  entre outras.

          Há 26 anos a Faculdade FAEF forma Engenheiros Florestais aptos para a atuarem com excelência no mercado de trabalho. Um conjunto de diferenciais resultam em um curso de qualidade comprovado através de avaliações do MEC  e  Enade (curso com nota 4), sendo eles: corpo docente qualificado, metodologia de ensino diferenciada, convênios com empresas florestais, estímulo a estágios e pesquisas,  atividades de extensão, biblioteca atualizada, laboratórios equipados, campo experimental bem estruturado, atividades e aulas práticas constantes, visitas técnicas, entre outros.

 

 

FIES

Vestibular 2016
E-mail: vestibular@faef.br
Ligue Vestibular:
(14) 3407-8000
(14) 99850-1460
(14) 98165-9435
(14) 98165-9435
 
Revista Eletrônica Científica
Serviços

 

 

Calendário 2017

 

 

 

Grupo FAEF

 
Cultural Institute
Banner - Prouni
Estadão
Banner - FIES
Banner - MEC
© Copyright 2014, GRUPO FAEF - Resolução mínima: 1024px por 768px
Site desenvolvido por COMBR Soluções em Internet